Teste de vazamentos, combata o desperdício de água

Ainda que seja importante a consultoria de especialistas, você mesmo pode conduzir alguns testes simples para conferir se existem vazamentos em sua casa. O principal indicativo é o aumento repentino da conta sem que você tenha consumido mais água. E, certamente, ninguém gosta de pagar pelo que não usa. Mas, identificar vazamentos é mais simples do que você imagina.

A troca do hidrômetro [instrumento para medir a velocidade ou o escoamento de água] nem sempre é o motivo pelo aumento nas contas de água. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) orienta que pode haver pequenos vazamentos, invisíveis a olho nu, responsáveis pela alta nas contas.

Um dos procedimentos é usar a borra de café no vaso sanitário. O normal é ela ficar depositada no fundo do vaso. Caso isso não aconteça, é sinal de vazamento na válvula ou na caixa de descarga. O teste demora de 10 a 15 minutos. Em bacias cuja saída da descarga for para trás (direção da parede), deve-se fazer o teste esgotando-se a água. Se a bacia voltar a acumular água, há vazamento na válvula ou na caixa de descarga.


Outra dica é colocar um copo cheio embaixo de uma torneira aberta e depois fechar o registro. São 20 minutos para saber o resultado. “Se a quantidade de água diminuir e a torneira sugar o copo, o vazamento está constatado”, explica o técnico da Sabesp, Ailton da Fonseca.

O teste do hidrômetro é um dos mais confiáveis. Amarre a boia da caixa d’água e observe o relógio. “O cliente vai até a boia, amarra e deixa presa para que não saia ar. Vai até o hidrômetro e vê a movimentação. Se por um acaso o hidrômetro estiver movimentando, há indícios de vazamento na instalação”, orienta o técnico.

Para esse teste, não precisa aguardar  mês inteiro para saber como está o seu consumo. Para fazer uma projeção futura, basta dividir o consumo apurado pelos dias acumulados entre as medições. Assim, com a média diária, ao multiplicar pelo número de dias no mês, saberá qual poderá ser o consumo final. Porém, quanto mais dias e situações (fins de semana e feriados, por exemplo) esse período abranger, o cálculo será o mais próximo a realidade.

Como detectar vazamentos de água:

Hidrômetro: Deixe os registros na parede abertos, feche bem todas as torneiras, desligue os aparelhos que usam água (máquina de lavar roupa, louça, etc) e não utilize os sanitários. Anote o número que aparece ou marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro. Depois de uma hora, verifique se o número mudou ou o ponteiro se movimentou. Se isso aconteceu, há vazamento.

Teste de fuga : O teste do copo com água é muito usado por bombeiros hidráulicos.

1 – Feche o registro de entrada de água da rua e todas as torneiras e terminais de saída de água.
2 – Em seguida, pegue um copo e encha com água quase até a borda.
3 – Abra uma das torneiras e mergulhe a ponta dessa torneira na água do copo.

E deixe assim por alguns minutos (o ideal é que se prepare um apoio para o copo, evitando assim de balançar a água ou mesmo parar a experiência por cansaço do braço).

Se houver vazamento no sistema, a água será aos poucos sugada pela torneira aberta, você verá a água diminuindo dentro do copo.

Quanto mais próxima a torneira estiver do local do vazamento, mais rapidamente a água será absorvida.

Porque isto acontece ?

Quando você fecha o registro da rua e todas as saídas de água, o sistema de seu imóvel fica isolado, mas resta a água no encanamento. Caso haja algum vazamento, a água continuará escorrendo para lá. À medida que vai vazando pela parede, a água provoca um deslocamento de ar, criando vácuo nos canos, vácuo este que tem de ser preenchido e para conseguir isto, ele puxa a água do copo.

Torneiras: Este tipo de vazamento é caracterizado pela torneira que fica pingando. mesmo após ser fechada Quando isso acontecer, troque a carrapeta, uma peça circular de borracha que serve para vedar .

Vaso Sanitário: Jogue cinzas (de cigarro, por exemplo) na privada. Se ela ficar depositada no fundo do vaso significa que não há vazamentos. Contudo, se houver movimentação, é sinal de vazamento na válvula ou na caixa de descarga.

Procedimentos rápidos que podem constatar desperdícios. Caso não seja detectado onde está o problema, chame um profissional para fazer uma nova vistoria.


Dicas do Luis Claudio Santos Terra publicadas no grupo do Facebook no dia 11/12/2012

INSTALE DISPOSITIVOS ECONOMIZADORES
Tais dispositivos são comprados e função do nível de pressão caso você não tenha em seu apartamento uma válvula reguladora de pressão abra os as torneiras e chuveiros que mais você usa no máximo, vá fechando seu registro geral até a pressão que você considere ideal, depois vá faça o mesmo em seu registro geral do corredor, isto inclusive estará protegendo seu apartamento de vazamentos e assim que possível instale uma válvula reguladora de pressão além disso existem redutores e arejadores e finalmente compre o sistema “dual-flush” pois em uma residência normal 40% do consumo é em função de sanitário e com esse sistema você pode reduzir em ate 50% o consumo do sanitário isso quer dizer que este sistema de descarga sozinho reduz em 20% o consumo de seu apartamento. Vale apena lembrar que nossos hábitos fazem muita diferença como: Um banho deve ser rápido. Cinco minutos são suficientes para higienizar o corpo. A economia é ainda maior se ao se ensaboar o registro esteja fechado, ao escovar os dentes se uma pessoa levar cinco minutos com a torneira não muito aberta, gasta 12 litros de água. No entanto, se molhar a escova e fechar a torneira enquanto escova os dentes e, ainda, enxaguar a boca com um copo de água, consegue economizar mais de 11,5 litros de água. Ao lavar a louça, primeiro limpe os restos de comida dos pratos e panelas com esponja e sabão e, só aí, abra a torneira para molhá-los. Ensaboe tudo que tem que ser lavado e, então, abra a torneira novamente para novo enxágue. Só ligue a máquina de lavar louça quando ela estiver cheia.
Em uma casa, lavando louça com a torneira meio aberta em 15 minutos, são utilizados 117 litros de água. Com economia o consumo pode chegar a 20 litros.

Uma lavadora de louças com capacidade para 44 utensílios e 40 talheres gasta 40 litros. O ideal é utilizá-la somente quando estiver cheia. Você sabia que ao se utilizar um copo de água, são necessários pelo menos outros 2 copos de água potável para lavá-lo. Por isso, combata o desperdício em qualquer circunstância. Junte bastante roupa suja antes de ligar a máquina ou usar o tanque. Não lave uma peça por vez.

Caso use lavadora de roupa, procure utilizá-la cheia e ligá-la no máximo três vezes por semana. E por fim evite goteiras e vazamentos pois esse é um grande vilão.

ALGUMAS IDÉIAS QUE PODEM SER APLICADAS EM NOSSO CONDOMÍNIO:

INSTALAÇÃO DE LAVANDERIAS PARA MORADORES:
Tal medida traria um grande benefício a todos pois poderíamos utilizar melhor água de chuva, o condomínio poderia cobrar um valor razoável os moradores iriam economizar água,energia e espaço em seus apartamentos além de não ser obrigado a comprar maquina de lavar e secar roupas.

IMPLANTAÇÃO DE REUSO DE AGUAS CINZAS:
Isto consiste em pegar a água usada em banhos e tanques e cozinhas fazê-las passar por um tratamento primário bombear de volta a uma caixa específica e a usar somente para descargas sanitárias das áreas comuns e dos apartamentos mas isto implica em alterações e obras de custo razoável.

MELHOR MANUSEIO E GESTÃO DE AGUAS:
Consiste em rápida ação em goteiras, manutenção e manobras que visam o melhor aproveitamento de nossos recursos, se possível interligação dos encanamentos de ar condicionado com a de água de chuva e etc.

OBSERVAÇÕES MUITO IMPORTANTES:
Quando se economiza água nos apartamentos se está economizando muita energia pois as bombas serão ligadas menos vezes para abastecer as caixas dos telhados.
Quando se utiliza água de chuva e reuso além de reduzir o consumo você deixa de pagar pelo esgoto pois a CEDAE registra a água que entra e cobra 50% a mais de esgoto e estaremos deixando de pagar também pelo esgoto.
Uma simples goteira (01 gota) em sua torneira pode gerar um desperdício de até 400 litros no mês em vazamentos maiores esse desperdício pode chegar até 6.500 por mês. Imaginem quanto não seria o desperdício de uma descarga!


Add a comment

You must be logged in to comment.


Norte Village

Norte Village é Rua Degas, 400, Cachambi, Rio De Janeiro – Rio De Janeiro, CEP 20771-580

Veja como chegar

Sobre este site

Um condomínio como o Norte Village merece um ambiente web que represente o seu tamanho. E este site é fruto de um esforço particular, do morador do bloco 04, Rafael Lobo, com apoio da agência Tuiuiú Comunicação.  O obetivo deste site é criar um ambiente informativo e colaborativo para os moradores do Condomínio Norte Village, de forma organizada e objetiva. Se você quer ajudar, fazer críticas, sugestões ou só dar um “oi”, envie um email.

Este site é possível com a colaboração da Tuiuiú Comunicação